Pages Menu
Categories Menu

Posted in Ciência e Tecnologia

Água e vida. Água é Vida.

Água e vida. Água é Vida.

Os cientistas são unanimes em afirmar que, em nosso planeta, a vida surgiu da água. Muitos chamam nosso planeta de “Planeta Água”, uma vez que cerca de 72% de sua superfície é coberta de água. Mesmo o corpo humano é composto por cerca de 70% de água.

Podemos dizer, com certeza, que o fim da água é o fim da vida como conhecemos.

Mapa Mundi com os continentes em azul e as porções de água em brancoAs águas superficiais representam mais que 90% da disponibilidade de água doce e cerca de 1,5 bilhões de pessoas dependem das águas superficiais para seu consumo diário

De toda a água do planeta, apenas 0,07% estão disponíveis para consumo.

Em uma divisão por países o Brasil tem o maior volume de água doce, com aproximadamente 12% das reservas superficiais do planeta. Além deste volume, ainda divide com Uruguai, Paraguai e Argentina um dos maiores reservatórios naturais de água subterrânea do mundo – o chamado Aquífero Guarani, que se estende por uma ária maior que 1000Km2 entre os quatro países. Calcula-se que a reserva possa chegar ao equivalente à vazão do rio Amazonas em 10 anos.

Tabela com o volume de águas superficiais por continente

Volume de águas superficiais

Para mais informações clique aqui.


A aparente abundância e facilidade na obtenção da água potável, provoca hábitos pouco conscientes em sua utilização. Estes hábitos são capazes de comprometer o abastecimento em cidades ao redor do mundo.

Há ainda problemas de captação, armazenamento e distribuição em locais como a África, onde cerca de 358 milhões de pessoas não tem acesso à água necessária para sua sobrevivência, ou no oeste, centro e sul da Ásia, onde cerca de 180 milhões de pessoas tem a mesma dificuldade. Na América do Sul, Central e Caribe, este número é de aproximadamente 35 milhões de pessoas.

Nos últimos anos, o Brasil tem enfrentado um aumento na dificuldade para obtenção de água potável para seus habitantes. Não é novidade a situação crônica na qual se encontram os reservatórios de São Paulo, a maior região metropolitana do país.Foto de uma grande área onde havia água e agora está seca e uma árvore ressecada

Segundo dados da ONU, em 2025 dois em cada três habitantes do planeta estarão privados de água potável, expostos, portanto, a graves doenças provocadas pela má qualidade da água que vierem a utilizar.

Esta é uma questão que deve ser tratada de forma séria por todos.

Se não fizermos algo o problema não se resolverá por si só, e a simples mudança de alguns hábitos ajuda na preservação e economia de quantidades significativas de água potável.


Cidadania

Cada um de nós deve contribuir para evitar ou minimizar os problemas da escassez de água.

É importante mudar hábitos para que sejamos racionais na utilização deste recurso.

Devemos pensar seriamente no assunto pois a escassez de água nos afetará mais e mais, podendo até levar grandes populações a migrações e guerras.

Algumas ações sugeridas por vários especialistas nos últimos tempos podem nos ajudar e com um pouco de colaboração de cada um de nós, teremos recursos suficientes para evitar um desequilibrio que poderá afetar nossas vidas de forma muito séria.

Imagem de casa à beira de um lago

Em nossas casas

No banheiro

  1. Feche a torneira – Não deixe água limpa ir para o esgoto enquanto você escova os dentes ou faz a barba. Esta simples medida economiza até 36 litros de água por dia (considerando que a pessoa escova os dentes 3 vezes neste período). Em uma semana, serão economizados 252 litros de água. Esta economia é suficiente para uma pessoa escovar os dentes 3 vezes ao dia por 1 ano.
  1. Usando tecnologia para ajudar – Dispositivos antigos de descarga dos vasos sanitários gastam cerca de 40% a mais que os modernos, que trabalham com Volume de Descarga Reduzido (VDR). Quando possível, a utilização de torneiras com fechamento automático ou com acionamento por sensor ótico ajudam na economia de água.
  1. Manutenção – Consertar vazamentos assim que encontrados, regular as válvulas de descarga. Uma simples torneira gotejando gasta cerca de 45 litros de águaImagem de duas chaves de grifo trabalhando juntas para consertar um encanamento.
  1. Durante o banho – Utilize um balde para coletar a água fria que muitos deixam correr para o esgoto. Pode-se utilizar esta água para uma descarga ou na lavanderia. Feche o chuveiro enquanto se ensaboa. Com esta ação você também economiza eletricidade e o custo deste serviço tem tido aumentos sucessivos nos últimos tempos.Imagem de uma ducha (chuveiro), liberando água para banho.

Na cozinha

Organização é o segredo para otimizar o consumo de água e fazer todo o trabalho e economizar água.

  1. Lavando a louça – Inicie o processo fazendo uma pré-limpeza, jogando fora os restos de alimentos que ficam nos pratos e panelas. Utilize papel toalha para remover o máximo possível de resíduos. Para ensaboar, abra a torneira e encha a cuba até a metade, com esta água ensaboe a louça e as panelas. A água do enxague pode ser coletada para dar descarga nos banheiros.

kitchen-691247_1280_Torneira2

  1. Frutas, verduras e legumes – Use um recipiente ao invés de água corrente, faça a desinfecção com cloro. Deve-se utilizar hipoclorito de sódio (o componente ativo da água sanitária), na proporção de 1 colher de sopa para 1 litro de água. Deixe as verduras, frutas ou legumes por 15 minutos. Depois, troque a água e coloque 2 colheres de sopa de vinagre por litro de água e deixe os legumes, frutas ou verduras descansarem neste água por 10 minutos. Mais uma vez, a água utilizada no processo pode ser utilizada na descarga ou na limpeza de áreas externas de sua casa.

Nas áreas externas

Também é possível economizar uma boa quantidade de água nas áreas externas, bastando mudar alguns hábitos e utilizar alguns truques.

  1. Quintais e Calçadas – O melhor é a utilização de baldes pois a utilização de uma mangueira, com a torneira aberta, em meia volta, durante 30 minutos gasta, no mínimo 560 litros de água. Pode-se lavar uma calçada de 10m x 2m com 10 baldes de 50 litros de água. Jamais utilize uma mangueira como vassoura.
  1. Plantas – Utilize sempre um regador no lugar de uma mangueira. Além da economia você preserva as plantas.

Imagem do galho de uma planta com gotas d'água

  1. Piscina – 3.850 litros de água é a perda estimada em uma piscina média em um mês, devido à exposição ao sol e ao vento. Isto é o que uma família de 4 pessoas bebe em um ano e meio. Cobrindo-se a piscina de forma adequada a parda cai em cerca de 90%, para 385 litros.

Na lavanderia

Organização e planejamento do trabalho são essenciais para economizar tanto água quanto eletricidade.

  1. Lavar por atacado – Junte a maior quantidade possível de roupas antes de ligar a máquina ou utilizar o tanque. Não lave uma peça por vez. A lavadora de roupas rende muito mais quanto é utilizada cheia. O ideal é liga-la no máximo 3 vezes por semana.
  1. Reaproveitamento – No tanque, deixe as roupas de molho e use a mesma água para esfregar e ensaboar. Renove a água apenas no enxágue. Toda a água utilizada no processo pode servir para lavar o quintal, área de serviços e banheiros, além da utilização para descargas nos banheiros.

Um simples exercício com alguns números apresentados neste artigo mostra o volume gigantesco de água economizada quando multiplicamos isto pelo número de habitantes envolvidos neste processo.

Tabela com projeção (estimativa) de economia considerando 3 exemplos: Primeiro, uma torneira aberta. Segundo, utilização de um balde com água de reuso para utilizar na descarga. Terceiro, uma torneira pingando.

Apesar de abundante, a água é um recurso finito e precisa ser preservado. Não existe facilidade para sua obtenção, tratamento e armazenamento. É responsabilidade de todos (não apenas dos governos), a utilização racional das reservas que dispomos.

Para quem vive na região metropolitana de São Paulo, click aqui para ir à página da Sabesp que mostra os volumes de água dos mananciais que servem a região.

Para Saber Mais:

A ONU e a água – Nações Unidas Brasil

Década Internacional para ações sobre a água (em inglês), clique aqui

Mais no Matéria Escura

Lâmpadas Led – Economia e Durabilidade

Luas do Sistema Solar

Energia Solar – Sem Poluição

ME4-icone-50pc

Pin It on Pinterest

Shares
Share This