Pages Menu
Categories Menu

Posted in Viagens

Praga – Medieval, Histórica e Atual

Praga – Medieval, Histórica e Atual

O leste europeu é, sem dúvida, uma das regiões com o maior número de cidades recheadas de história , riquezas culturais e belezas naturais. Praga, com certeza está nessa lista como uma das mais belas capitais, não somente do leste europeu como do mundo.

Prage é a única capital da Europa, dentre as que estiveram envolvidas no conflito, que foi preservada. Isto porque Hitler ordenou que a cidade fosse poupada pois ele a queria para sí. É curisioso imaginar como um ditador, que assombou o mundo na primeira metade do Século XX, poderia gostar de uma cidade de tal forma a ordenar a seu exército que não a destruísse. Desta forma, o centro histórico de Praga está hoje como antes da segunda guerra mundial.

Em Praga, várias mentes brilhantes viveram e trabalharam. Como Mozart, que compôs algumas de suas óperas por lá. Como Einstein, que lecionou na “Charles University” e podemos também lembrar de Franz Kafka, que nasceu e trabalhou na cidade.

Silhueta de Igreja em Praga, contra o céu alaranjado do entardecer

Silhueta da Catedral de São Vito em Praga

Praga é uma cidade que merece uma visita e que conta com preços atrativos se comparados a outras capitais da Europa, mesmo com nossa moeda desvalorizada como agora em 2015.

Chegando a Praga – Capital da República Tcheca, tem sua economia voltada para o turismo, e isto é facilmente percebido por quem chega à cidade. Existe uma grande quantidade de estabelecimentos dedicados a esta atividade, como hotéis, restaurantes e lojas de produtos locais.

O Aeroporto Internacional Ruzyně é o maior do país e um dos maiores da Europa. O tempo estimado de voo do Brasil é de cerca de 16 horas, não há voos diretos. A República Tcheca, apesar de fazer parte da União Europeia, não está na zona do euro. 

A moeda oficial é a Coroa Tcheca, sendo que uma coroa equivale a US$0,04.

Imagem de uma Cédula de 100 Coroas Tchecas - Frente e Verso

Cédula de 100 Coroas

A sugestão é levar Euro ou Dólar e fazer a troca nas casas de câmbio ou mesmo nos hotéis. Estes normalmente tem uma taxa um pouco pior para o turista mas compensam pela segurança e tranquilidade de não ter que trocar o dinheiro em casas de câmbio pelas ruas da cidade. Restaurantes, bares, cafés e o comércio em geral aceitam o Euro, mas as taxas normalmente são piores que fazer a troca nos hotéis.

Como em qualquer cidade turística, não é aconselhável transportar grandes somas de dinheiro pois os batedores de carteiras agem por toda a cidade, principalmente nos pontos onde há maior concentração de turistas.

Comidas típicas – A culinária tcheca, durante muito tempo, sofreu grande influência da culinária de alguns países da região, principalmente da Áustria e da Hungria. Apesar do cardápio diferente do nosso, a base de muitos pratos são batatas e carne, uma tradição local. As carnes são geralmente preparadas com muito molho e muitos condimentos (o que é tradição também na Hungria), e a batata pode ser servida frita, assada, cozida ou como purê.

Um prato típico no país é a Kulajda, uma sopa preparada à base de batata, ovo e cogumelos, além de vários condimentos especiais usados na preparação. O prato pode ser servido de entrada no almoço, que é a principal refeição do dia, tendo quase sempre uma entrada, um prato principal e a sobremesa.

Imagem de Goulash

Goulash

Outro prato típico é o goulash (prato típico da Hungria, sendo um dos mais servidos em Budapeste), uma sopa feita com cubos de carne, muito molho e especiarias, em especial, alguns tipos de pimenta.

Também é comum encontrar nas ruas estabelecimentos que vendem sanduíches de salsicha ou linguiça e queijo, que lembram o nosso cachorro quente, apesar de que levam alguns molhos e especiarias diferentes no preparo, e é comum as pessoas comerem esse sanduíche acompanhado de uma boa cerveja, que é uma das principais bebidas locais. Na República Tcheca existem algumas receitas que devem ser seguidas minuciosamente na hora da fabricação.

Imagem de um Trdlo

Trdlo

E para a sobremesa? Um doce típico da capital é o Trdlo,  uma massa parecida com um pão que é assada e coberta com açúcar e canela. Essa massa fica enrolada, como um tubo, enquanto é assada em brasa. Depois que retirados do fogo, o recheio fica a critério do cliente, que é passado por dentro em uma fina camada, já que ele fica oco. Uma dica é visitar a Erhartova Cuckárna, uma confeitaria muito prestigiada em Praga.

Segurança – Praga (e a República Tcheca, em geral) é um lugar seguro, e será incomum presenciar cenas de assalto a mão armada, assassinatos ou coisas do gênero. Entretanto, assim como em qualquer lugar do mundo, é importante estar atento para evitar situações desagradáveis. O que é comum na capital são os batedores de carteira, que agem sempre em pontos turísticos bem movimentados, passando despercebidos pela ação.

Imagem da Ponte Carlos com neblina

Ponte Carlos com vista da Cidade Velha

Outro problema, alvo de muitas reclamações tanto de turistas quanto dos próprios tchecos são os táxis. Muitos que rondam os hotéis, não são de empresas e são muito desonestos. Geralmente usam um taxímetro adulterado, cobrando taxas maiores e até mesmo percorrendo caminhos desnecessários para aumentar o valor final do serviço. Há relatos de turistas que até receberam troco em moedas falsas, e como não conhecem o dinheiro local, nem perceberam que estavam sendo enganados.

Uma maneira eficiente de driblar esse problema é ter em mãos números de telefones de empresas especializadas no ramo, que podem enviar um táxi até você com segurança ou então pedir para o hotel fazer a reserva do taxi, especialmente quando você estiver voltando para o aeroporto ou estação de trem.

Atenção nos restaurante e lanchonetes. Assim como em diversos estabelecimentos no Brasil, se você não estiver muito atento na hora de pagar a conta, ela pode ser facilmente alterada por quem está marcando os pedidos.


Praga é uma linda cidade com várias atrações turísticas. Segue abaixo uma lista com os principais pontos a serem visitados.

Praça central – Ou a Praça da Cidade Velha, marca o ponto zero da cidade. Ali, acontecem vários eventos, e se estiver com fome, estará rodeado de restaurantes.

Imagem da Praça da Cidade Velha

Praça Central da Cidade Velha

A praça ainda conta com igrejas de diferentes estilos arquitetônicos, embelezando ainda mais o local.

O Relógio Astronômico (Orloj) – O Relógio foi instalado inicialmente em 1410 e é o mais antigo deste tipo ainda em funcionamento no mundo.

O Orloj está na face sul da Torre da Cidade Velha, na praça da Cidade Velha. Em 9 de Outubro de 2010 houve a celebração do 600º aniversário do Orloj.

Nesta data o Brasil tinha 510 anos. Ou seja, o relório é 90 anos mais velho que o Brasil.

Imagem do Relógio Astronômico (Orloj)

Relógio Astronômico (Orloj)

Três são os componentes principais do Orloj:

  • O mostrador astronômico, representando a posição do Sol e da Lua no céu, além de mostrar vários detalhes celestes;
  • A ”Caminhada dos Apóstolos”, um show mecânico representado a cada troca de hora com as figuras dos apóstolos e outras esculturas com movimento;
  • E um mostrador-calendário com medalhões representando os meses

Nas laterais, na parte mais alta do mostrador, existem as seguintes estátuas:

Do lado esquerdo: A vaidade, com um espelho na mão; e a avareza, com um saco de dinheiro na mão.

Do lado direito: A morte, com a ampulheta na mão; e A invasão pagã.
A morte é quem tem o sino que avisa que mais uma hora se passou, lembrando  que uma hora a menos de vida nos resta e que ela (a morte) é o destino final de todos nós.

Ponte Carlos (Karlův most) – A Ponte Carlos (Karlův most) é a ponte mais velha de Praga, e atravessa o rio Vlatva da Cidade Velha até a Cidade Pequena. É a segunda ponte mais antiga existente na República Tcheca. Em 1357 sua construção foi iniciada a pedido do rei Carlos IV, tendo sido concluída no início do século XV.

Até 1841 a Ponte Carlos foi a única forma de atravessar o rio (além dos barcos). Desta forma, a Ponte Carlos se transformou na mais importante via de comunicação entre a Cidade Velha, o Castelo de Praga.

Foto noturna da ponte Carlos

Ponte Carlos

Stavovské Divadio – É um dos, se não o mais importante teatro da região. Construído em estilo neoclássico, ostenta beleza e história. Construído no século XVIII, esse teatro já foi palco para os principais compositores da época, incluindo concertos e óperas que foram regidas por Mozart.

Castelo de Praga – O Castelo de Praga situa-se na colina de Hradcany à margem esquerda (oriental) do Rio Vlatva, é o local onde foi fundada a cidade.

Imagem dos Portões do Castelo de Praga

Os Portões do Castelo de Praga

Clique aqui para ver foto de 16 de Março de 1939

Fundado no século IX, O Castelo de Praga é uma das construções mais importantes da cidade. Já serviu de residência dos reis da Boêmia e atualmente é a residência presidencial da República Tcheca. Na área do castelo encontram-se o Palácio Real, o Palácio Lobkowicz, a Torre Dalibor, a Torre da Pólvora, o Convento de São Jorge a Catedral de São Vito e a Viela Dourada. Todos locais indicados para visitação quando os acessos estiverem liberados.

Imagem do Castelo de Praga

Castelo de Praga (no alto da colina), visto a partir da Ponte Carlos

O Castelo ocupa uma área de aproximadamente 72mil m², sendo considerado o maior castelo do mundo pelo Guiness (o livro dos recordes).


 

Para Saber Mais:

Praga

A Primavera de Praga

O Castelo de Praga

Franz_Kafka

Links em inglês

O Metrô de Praga

Transporte Público – República Tcheca

Mais no Matéria Escura

Lisboa, Porto e Madeira

Budapeste – Visitar Conhecer e Aproveitar

Nova York – Dicas de um Turista Acidental

ME4-icone-50pc

Pin It on Pinterest

Shares
Share This